hábitos financeiros

10 Grandes Hábitos Financeiros Que Você Precisa Criar

Hábitos financeiros todos nós temos mas nem todos os hábitos financeiros que as pessoas têm são os melhores. Todos nós criamos certos hábitos ao longo da nossa vida, uns bons e outros maus. Dependendo da sua situação financeira actual você pode crer que o responsável para isso são os seus hábitos financeiros.

A questão é simples, se você tem bons hábitos financeiros certamente que isso irá se manifestar através da sua conta bancária. E se os seus hábitos financeiros não são bons também é tão simples observar, a sua conta bancária irá reflectir isso.

A sua conta bancária reflecte os tipos de hábitos financeiros que você criou ao longo dos anos. E se não está satisfeito com a essa situação a resposta está em mudar os seus hábitos financeiros. Hábitos criam-se e também é possível mudá-los.

Todo o tipo de hábito cria-se, seja de uma forma consciente ou não. Muitas vezes os hábitos sobre o dinheiro que temos não são criados de uma forma consciente. Eles são resultado de anos de observação e de repetição daquilo que você vê os outros a fazerem.

É verdade que nem sempre é fácil mudar certos hábitos, mas quando há vontade e motivação isso é possível fazer. Neste artigo eu gostaria de partilhar consigo o que eu considero serem os melhores hábitos financeiros que você deve criar.

Espero que este artigo lhe possa inspirar a criar novos hábitos financeiros a partir de hoje e que haja alguma mudança na sua vida.  O resultado dos novos hábitos que você irá adquirir irá sempre se manifestar na sua conta bancária.

#1 Hábito de Poupar Dinheiro

hábitos financeiros

Poupar dinheiro é um dos principais hábitos que você deve criar. Sem nenhuma poupança é impossível garantir um futuro financeiro promissor. Muitos enfrentam dificuldades financeiras porque não poupam dinheiro.

Viver sem ter nenhuma poupança é o caminho mais rápido para o precipício financeiro. É importante começar a poupar agora de modo a que não se encontre em uma situação difícil amanhã.

Viver sem ter nenhuma poupança é o caminho mais rápido para o precipício financeiro.

Por falta do hábito de poupança em situações de crise muitos acabam por recorrer ao endividamento. E contrair dívidas é um do caminhos mais rápidos para a pobreza. O concelho que sempre dou as pessoas é que elas devem fugir das dívidas.

Porque situações de emergência ocorrem com todos nós, é importante planear para o futuro. Mas não só, é importante lembrar que um dia você ira envelhecer, e quem vai cuidar de si quando isso acontecer.

Lembre-se também que tem planos para o futuro que requerem dinheiro para a sua realização. Onde é que você irá buscar o dinheiro para tal se não o tiver? A melhor maneira de se preparar para o futuro é começando a poupar.

Comece por poupar hoje pelo menos 10% do seu rendimento, se isso não for possível poupe 5%, e se isso também não for possível poupe 1%, o importante é que você comece a poupar e crie o hábito de poupar.

O hábito de poupar cria-se poupando, só poupando é que você começará a criar esse nobre hábito de guardar dinheiro de lado. Assim você estará entrando numa nova etapa da sua vida. Portanto, comece a poupar hoje.

#2 Hábito de Investir Dinheiro

hábitos financeiros

Da mesma maneira que o hábito de poupar é importante, investir dinheiro também é. Só investindo é que você irá aumentar a sua capacidade financeira. A sua robustez financeira não depende só do quanto você poupa, mas também de quanto você recebe como resultado dos seus investimentos.

É importante começar a pensar como investir o seu dinheiro. Investir dinheiro é a melhor forma de fazer com mais dinheiro entre no seu bolso.

O que acontece muitas vezes é que as pessoas passam mais tempo a pensar como gastar o dinheiro que tem. E pouco tempo ou nenhum a pensar como investir o seu dinheiro.

É importante lembrar que quando você gasta o seu dinheiro ele jamais voltará ao seu bolso, mas quando você investe, sempre tem a promessa de poder ter um retorno. Esse é que é o poder dos investimentos, é a capacidade de produzir mais dinheiro.

Muitos pensam que a única forma de ter mais dinheiro é através de um emprego, mas isso não é verdade. Ter emprego não é mau, mas você nunca deve depender dele. O seu emprego nunca vai lhe garantir liberdade financeira.

Em vez de sempre depender do seu salário comece a pensar, e a procurar formas de fazer o seu dinheiro render mais. Procure formas criativas de investir o seu dinheiro e fazer com que ele trabalhe para si.

#3 Hábito de Ganhar Dinheiro

hábitos financeiros

Ganhar dinheiro é um dos melhores hábitos financeiros que você pode adquirir. O normal é gastar, e poucos sabem como ganhar dinheiro fora do seu emprego. É importante começar a desenvolver a mentalidade e a capacidade de ganhar dinheiro a todo o tempo.

Pense em formas de ganhar dinheiro, seja em forma de um novo negócio, seja em forma de algo que você pode vender, ou mesmo na forma de um serviço que você pode oferecer. Não importa como, o importante é que você ache uma ou mais formas legais de ganhar dinheiro.

Isso implica uma nova forma de pensar sobre o dinheiro, porque muitas vezes as pessoas estão habituadas a pensar em como podem gastar melhor o dinheiro que têm. Eu quero que você comece a pensar ao contrário, pense em como é que você poderá ganhar mais dinheiro.

Faça um inventário daquilo que você tem para oferecer ao mercado, seja em forma de serviço ou produto, ou até mesmo o seu tempo. O que é que você pode oferecer ao mercado em troca de remuneração financeira.

O dinheiro é sempre resultado da troca de produtos ou serviços que resolvem ou aliviem a dor que o mercado estiver a passar. Comece a pensar como um empreendedor e procure por oportunidades de ganhar dinheiro no mercado.

Comece por perguntar quais são as necessidades que abundam ao seu redor? Quais são os problemas que as pessoas têm e que não estão a ser resolvidos. Crie uma solução que vá ao encontro desses desafios e cobre um valor por essa troca.

Ao fazer isso você será recompensado várias vezes e o mercado sairá a ganhar e você também estará satisfeito.

#4 Hábito de Planear os Seus Gastos

hábitos financeiros

Tudo se planeia na vida, certamente que você está habituado a planear o que vestir, o que comer, onde passar o fim de semana, onde passar as férias, o que estudar, etc. O facto é que de uma ou de outra forma você faz certos planos na vida.

Infelizmente muitos se esquecem de fazer isso quando se trata de dinheiro. E quando falo de planear os seus gastos não me refiro à lista de compras. Mas sim a tudo, é fundamental saber para onde é que vai o seu dinheiro.

Quantos gastos impulsivos você já fez? Os gastos impulsivos normalmente são o resultado da indisciplina financeira e também da falta de um plano sobre os seus gastos. Todo o centavo que entra no seu bolso deve ser bem planeado antes de sair de lá.

Não seja um comprador impulsivo, que tira o dinheiro para tudo o que vê e que deseja. Aprenda a planear os seus gastos, e seja disciplinado.

#5 Hábito de Investir Em Si Mesmo

Já falei sobre a importância de investir dinheiro, e sem dúvidas isso é importante. Mas o que vale investir dinheiro sem antes investir no próprio investidor. É importante começar a investir em si como a pessoa responsável pela sua situação financeira.

Invista no conhecimento sobre assuntos relacionados com dinheiro, finanças no geral, e também nas suas habilidades.

Invista na sua habilidade de negociar, vender produtos e serviços, o seu tempo, invista em relacionamentos de qualidade. Invista em tudo o que irá lhe ajudar a se tornar num bom gestor das suas finanças.

Invista no conhecimento sobre assuntos relacionados com dinheiro, finanças no geral, e também nas… Click To Tweet

#6 Hábito de Comprar Activos

Conhecer a diferença entre activos e passivos é o primeiro passo no caminho para a liberdade financeira. Não saber isso constitui um risco na possibilidade de você um dia poder adquirir a sua independência financeira.

A independência financeira que muitos pretendem alcançar não acontece por acaso. Isso não é resultado da sorte, ou apenas de um desejo. Ele é resultado de passos concretos que você deve tomar para chegar lá.

Um desses passos é saber o que são activos e o que são activos. Infelizmente a maioria não sabe diferenciar isso. Robert Kiyosaki no se livro Pai Rico Pai Pobre fala diz que o pobre e a classe média investem em passivos.

Você deve estar a perguntar o que são activos e o que são passivos? Ora bem, a forma mais simples de definir esses dois conceitos sem termos que entrar em questões técnicas sobre contabilidade é a seguinte:

  • Activos: é tudo aquilo que mete dinheiro no seu bolso
  • Passivos: é tudo aquilo que tira dinheiro do seu bolso

Olhando para essas duas definições comece a pensar, para onde é que vai a maior parte do seu dinheiro? Será que você passa mais tempo a comprar activos ou a comprar passivos? E isso é fácil de perceber, basta só olhar para o seu saldo bancário.

Vivemos numa sociedade que estimula em nós o hábito de gastar por meio das publicidades televisivas, nos jornais, nos paineis publicitários, na rádio, e até na internet. Em todo o lugar onde você for, o denominador comum é, todos querem que você lhes dê o seu dinheiro.

O que eu quero que você faça é que passe a comprar em coisas que metem dinheiro no seu bolso. É aqui onde você tem que ser criativo e começar a pensar seriamente no assunto.

Se for casado converse com o seu parceiro sobre o assunto e comece a anotar isso.

Comprar coisas como casas para arrendar ou vender, comprar viaturas para vender, iniciar um negócio, comprar acções, tudo isso faz parte da lista de possíveis activos. Desde que meta dinheiro no seu bolso você deve comprar.

#7 Hábito de Viver Dentro dos Seus Limites

hábitos financeiros

Muitos gastam o dinheiro que não tem para comprar coisas que não precisam, de modo a impressionar pessoas que elas não gostam.

Isso descreve em breves palavras o hábito daqueles que passam o tempo a querer impressionar os outros.

Infelizmente grande parte das pessoas na nossa sociedade passa muito tempo a pensar  e planear quanto mais pessoas podem impressionar. Consequentemente, isso força as pessoas a viverem para além dos seus limites financeiros.

Esse hábito leva a pobreza, porque se você faz isso significa que está a usar dinheiro que não tem, e se não tem de onde vem o dinheiro?

Há duas hipóteses, ou você está roubando de alguém ou está vivendo de empréstimos. O que quer dizer que você se está a endividar para manter um estilo de vida que você não tem a capacidade de sustentar.

#8 Hábito de Limitar os Seus Gastos

hábitos financeiros

Muita gente basta receber dinheiro a primeira coisa que fazem é começar a gastar. Isso deriva do facto de as pessoas pensarem que o dinheiro foi feito para ser gasto. Isso não é verdade, o dinheiro é para ser gerido.

Parte dessa gestão tem a ver com o reduzir os seus gastos, se você  é um gastador é importante começar a mudar os seus hábitos. Porque se você gasta tudo o que tem e não sobra nada para investir e poupar, então está caminhado rapidamente para a pobreza.

O caminho mais rápido para a pobreza é gastando tudo o que tem. E o caminho certo para adquirir riqueza é poupando parte dos seus ganhos. Não permita que os seus desejos desenfreados façam de si um gastador indisciplinado.

Comece a reduzir os seus gastos hoje, e deixe de ser um gastador e passe a ser um investidor. Comece a investir em activos, comece a poupar dinheiro e assim você verá o seu futuro financeiro a sorrir para si.

O caminho mais rápido para a pobreza é gastando tudo o que tem. Click To Tweet

#9 Hábito de Aprender Sobre Finanças

hábitos financeiros

A educação financeira é uma das formas mais eficazes de evitar certos erros e alcançar independência financeira. Muitos dos erros que as pessoas cometem com o dinheiro são resultantes da falta de conhecimento.

A ignorância financeira é o maior responsável pelos desastres financeiros que muita gente comete. Mas isso é possível de eliminar, e para tal é preciso desenvolver o hábito de aprender sobre dinheiro. O grande problema é que ninguém nos disse que tínhamos que aprender sobre dinheiro.

Desde que nos tornamos adultos e começamos a pegar dinheiro pensamos que sabemos tudo sobre isso e que não há nada para aprender. Esse o maior erro que as pessoas cometem. Há muito que se aprender sobre dinheiro. E enquanto não fizer isso, irá repetir os mesmos erros que está a cometer.

A ignorância financeira é o maior responsável pelos desastres financeiros que muita gente comete. Click To Tweet

Se quer saber até que ponto você sabe algo sobre finanças pessoais observe os seus hábitos financeiros. Preste atenção na sua forma de usar e de gastar dinheiro. E vai mais além começando por verificar o seu saldo.

O seu saldo bancário é a radiografia exacta do seu nível de educação financeira.

Portanto, se quiser mudar a sua situação financeira comece a aprender tudo o que puder sobre o assunto. Leia livros sobre educação financeira, participe em seminários, participe em cursos, assista vídeos que falam sobre este grande assunto.

Enfim nunca pare de aprender sobre educação financeira, aprenda tudo o que puder e você estará no bom caminho.

O seu saldo bancário é a radiografia exacta do seu nível de educação financeira. Click To Tweet

#10 Hábito de Criar Um Orçamento

hábitos financeiros

O orçamento é o principal documento que você deve criar de modo a entender o que está a acontecer nas suas finanças. Muitos não sabem o que acontece com o seu dinheiro depois de entrar no bolso.

É comum escutar pessoas a se queixarem pelo facto de depois do salário ter entrado o dinheiro acabar a meio do mês. O pior é que essas pessoas não são capazes de dizer o que aconteceu com o dinheiro ou para onde foi.

Mas as mesmas pessoas passam o tempo todo a dizer que o dinheiro não chega e que precisam de mais dinheiro.

Ora bem, se você não é capaz de gerir o dinheiro que entra no seu bolso agora, quem lhe garante que irá gerir maiores valores da melhor maneira?

O orçamento é o documento que lhe irá ajudar a melhor gerir o seu dinheiro. Através dele você passará a saber o que acontece com o seu dinheiro. Ele serve de barómetro para determinar se está a usar o dinheiro da melhor forma ou não.

O  orçamento lhe ajudará a canalizar cada centavo onde ele deve ir. Você terá uma ideia sobre a sua saúde financeira. Onde é que está o seu dinheiro, para onde é que vai, e porque é que saiu.

Ao criar um orçamento você estará deliberadamente a assumir o destino do seu futuro financeiro. Você estará a dizer que quer assumir o controle pelo que acontece com o seu dinheiro. O seu orçamento permite-lhe saber sobre os seus gastos e que tipo de gastos que você estará a fazer.

O orçamento é o documento que lhe irá ajudar a melhor gerir o seu dinheiro. Click To Tweet

Através do orçamento você será capaz de determinar se a sua situação financeira é saudável ou não.

Portanto, desenvolva o hábito de criar o orçamento financeiro mensal. Faça isso e você terá uma ideia sobre o que realmente está a acontecer com o seu dinheiro.

Conclusão

Hábitos financeiros levam tempo a criar, mas isso não deve lhe deve fazer desistir. Muito pelo contrário, você deve procurar motivação naquilo que são os seus objectivos financeiros. É possível alcançar isso através da prática dos hábitos financeiros que mencionei neste artigo.

A questão que você deve responder é, qual destes hábitos você já está a desenvolver? E qual deles ainda precisa desenvolver? Comece a desenvolver os bons hábitos e o maus hábitos financeiros irão se distanciar de si.

Liberdade financeira tem muito a ver com a qualidade dos seus hábito, tome hábitos financeiros qualitativos a partir de hoje e veja a sua situação financeira a mudar.

About Edgar Chauque

Edgar Chaúque é o fundador fundador e editor do DinheiroFala. Ele é também o homem por detrás do TecnoFala, SejaEmpreendedor, e do Share Your Ideas Online . É o Fundador da ZIKOMU MEDIA, e mentor do projeto ARQUITETOS DO FUTURO. Pode encontrá-lo também no seu blog pessoal.

Deixar uma resposta