10 Graves Erros Com o Dinheiro Que Você Está Cometendo

Cometer erros com o dinheiro é algo comum. Principalmente se a pessoa não tiver nenhuma noção sobre educação financeira.

Existem muitos erros que as pessoas cometem com o dinheiro, mas neste artigo vou falar abre sobre os principais. Costuma-se dizer que o errar é humano, e é verdade. Mas a partir do momento que você sabe que errou, é tempo de mudar o seu comportamento.

Com este artigo pretendo trazer a superfície algumas das áreas em que muita gente tem errado com relação ao dinheiro. É um facto que nenhum de nós nasceu sabendo como gerir dinheiro, o comportamento que temos com relação ao dinheiro é resultado de hábitos criados ao longo do tempo.

A ideia deste artigo é o de chamar a atenção a alguns aspectos e se você estiver a cometer alguns desses erros, quer dizer que você tem que mudar. Só mudando é que podemos melhor algo com relação as nossas finanças.

Conheça então os principais erros que as pessoas cometem com o dinheiro…

#1 Não Poupar

Erros Com o Dinheiro

O hábito de não poupar é um dos maiores erros que as pessoas cometem com o dinheiro. Muitos justificam esta atitude dizendo que não têm o suficiente para poupar. Outros ainda, dizem que começarão a poupar quando tiverem dinheiro suficiente para o efeito.

Esperar por um futuro incerto é um grande erro que alguém pode cometer, isso porque você não sabe quando é que esse dia vai chegar. Ademais, nada o impede de começar a poupar agora. Comece com o que tem e desenvolva o hábito de poupar.

O problema com essa forma de pensar está no facto de as pessoas acreditarem que só poupa quem tem muito dinheiro. E isso não é verdade. Poupança é uma questão de hábito e não uma questão de valores. Por isso é importante começar a poupar agora e criar o hábito de poupar.

Não importa o valor que você tem agora, desenvolva o hábito de poupar com o pouco que tiver.

#2 Viver Acima dos Seus Limites

Erros Com o Dinheiro

Muita gente tem problemas financeiros por viver acima dos seus limites. Isto é, as pessoas vivem muito além da sua capacidade de sustentação financeira. Esse é um grande erro que traz gravíssimos problemas para quem tenta por ordem nas suas finanças.

É fundamental não ter gastos que ultrapassem a sua receita, viva dentro dos seus limites financeiros. Ajuste o seu estilo de vida ao seu rendimento mensal, e não o contrário.

Uma das formas de fazer isso é criando um orçamento. O orçamento é uma ferramenta que o ajuda a gastar o seu dinheiro dentro dos limites que lhe são conferidos pelas suas finanças.

Se tem o problema de viver acima dos seus limites financeiros, então é importante que comece a criar o hábito de ter um orçamento mensal de modo a medir os seus gastos.

#3 Viver de Empréstimos

erros com o dinheiro

Quem vive de empréstimos é porque normalmente vive acima dos seus limites e não tem um orçamento. Como pode perceber, esta questão está directamente associada à anterior. Muita gente pensa que a única forma de poder regular as suas finanças é pedindo emprestado dinheiro.

Já vimos num artigo anterior que aquele que pede emprestado é escravo de quem o empresta. O endividamento é um dos grandes males financeiros que alguém pode enfrentar. Isso porque com o endividamento vem também outros problemas associados ao mesmo.

Portanto, é importante evitar cometer este erro. E se está endividado faça de tudo para se livrar das dívidas e nunca mais voltar a elas. Principalmente se você se endividar para o consumo.

#4 Consumir Todo o Dinheiro

Erros Com o Dinheiro

 

A maior tolice nas finanças pessoais é o mau hábito de consumir todo o dinheiro que a pessoa faz sem pensar no amanhã. Consumir todo o seu dinheiro e sem pensar no amanhã é um grande erro que as pessoas cometem. E esse hábito normalmente leva ao endividamento.

O hábito de consumir tudo o que a pessoa tem sem pensar no amanhã tem a ver com a falta de disciplina financeira. Mas também é um aspecto que tem a ver com o facto de as pessoas não terem um planeamento financeiro adequado através da criação de um orçamento financeiro.

Esta forma de fazer as coisas é o que leva muitos a pobreza, e se você tem esse hábito é melhor parar agora e começar a pensar no seu futuro financeiro. Leve isto com muita seriedade, caso contrário você estará caminhando para a pobreza.

#5 Fazer Gastos Desnecessários

Erros Com o Dinheiro

A chave para a independência financeira está muito ligada com a sua visão de vida, o nível de disciplina que tiver, assim como um planeamento financeiro adequado. Se estes aspectos faltarem na sua vida então você nunca irá alcançar independência financeira.

É importante saber eliminar gastos desnecessários na sua vida. Mas para tal, tem que saber o que é necessário e o que não é. Tudo começa em você ser capaz de definira o que é prioritário na sua vida. Porque é ai onde você deve colocar os seus recursos financeiros.

A falta de clareza e de definição sobre o que é prioritário e o que é secundário é o que leva as pessoas a fazerem gastos desnecessários. Meu concelho para si é que comece por determinar o que é inegociável para o seu bem estar e invista os seus recurso ai.

#6 Comprar Passivos

Erros Com o Dinheiro

Saber distinguir activos de passivos é um dos aspectos básicos para alcançar independência financeira. Muitos não sabem qual é a diferença entre activos e passivos, e consequentemente, passam a vida comprando passivos. Permita-me elucidar este aspecto para si trazendo uma definição básica destes dois conceitos.

Activos: tudo o que mete dinheiro no seu bolso (Ex. um negócio, investimentos, conta a prazo, propriedades, etc)

Passivos: tudo o que tira dinheiro do seu bolso (Ex. carro, vestuário, mobília, etc )

A diferença entre aqueles que alcançam a liberdade financeira e aqueles que não alcançam está na forma que eles usam o seu dinheiro.

Usar o seu dinheiro para comprar activos é uma das formas mais rápidas de caminha para o precipício financeiro.

A independência financeira é uma questão de hábitos. Desenvolva o hábito de adquirir activos e comece uma nova etapa na sua vida financeira.

#7 Não Ter Um Fundo de Emergência

Erros Com o Dinheiro

Emergências são uma constante para todos nós, e a melhor forma de enfrentar esses momentos inesperados é se preparando. Existem situações na vida que muitas vezes não temos como controlar, querendo ou não, a vida é assim mesmo.

Quando você menos espera é surpreendido por uma situação de emergência que tem implicações financeiras para si. Pode ser doença, morte na família, um acidente de carro, um roubo, a geleira pode parar de funcionar, o motor do carro pode avariar, o tubo de água pode ter uma fuga. Em fim, a lista é longo, e você já pode ter uma ideia do que estou a falar.

O importante é estar sempre preparado para possíveis emergências do dia a dia.

E a melhor forma de se preparar para as emergências é através da criação de um fundo de emergência. A falta do fundo de emergência é o que leva as pessoas ao endividamento.

#8 Não Diversificar a Sua Receita

Erros Com o Dinheiro

Existe um ditado que diz o seguinte:

Não coloque todos os seus ovos na mesma cestas

Acredito que o ditado acima ilustra muito bem esta ideia. Muita gente não tem paz porque está preocupada no que irá acontecer se perderem o seu rendimento actual. E numa época em que a economia não está muito bem, essa acaba por ser a preocupação de muitos.

O facto é que quando a economia não está a andar bem, a probabilidade de alguém perder o seu emprego é maior. Mas mesmo que não seja isso, existem muitos aspectos na vida que podem contribuir para que você perca a sua capacidade de ter o rendimento que tem agora.

A questão é, o que é que você irá fazer se isso acontecer? Muitos não têm uma resposta para esta pergunta.

A melhor forma de se livrar desse tipo de terror é criando várias fontes de rendimento, e dessa forma você estará se precavendo para qualquer eventualidade futura. Por uma questão de prudência é importante que não dependa somente do seu salário, mas sim comece a criar novas formas de rendimento de modo a assegurar a sua estabilidade financeira.

#9 Não Ter Um Plano Financeiro

Erros Com o Dinheiro

Quem falha planear planeia falhar.

O ditado acima serve para ilustrar a importância de ter um plano para o futuro. Da mesma maneira que planeamos o que comer, o que vestir, onde estudamos, e onde passar férias, também é importante ter um plano financeiro. Infelizmente, muitos fracassam por não ter um plano concreto sobre as suas finanças.

Muitos não têm a mínima ideia sobre quanto dinheiro planeiam poupar, ganhar, ou investir este ano. Isso faz com as pessoas vivam de uma forma desorganizada.

Não ter um plano financeiro para a sua vida é a forma mais rápida de assegurar um futuro financeiro sombrio. Certamente que nem você e nem eu queremos viver dessa maneira. Só que mesmo assim muitos ainda cometem o erro de não planear o seu futuro financeiro.

Não planear o seu futuro financeiro é o mesmo que planear para o fracasso financeiro.

Comece a criar um plano financeiro para a sua vida ainda hoje. Não adie isso para amanhã.

#10 Não Criar Um Orçamento

Erros Com o Dinheiro

O orçamento é uma ferramenta importante para lhe ajudar a por ordem nas suas finanças. Ela lhe auxilia a melhor planear o seu dinheiro, ajuda a entender e planear os seus gastos, de modo a que tenha uma gestão financeira mais eficaz.

Devido a sua elevada importância há muito que se pode dizer sobre o orçamento, mas não irei aprofundar sobre isso por agora. O que é importante é que você saiba que criar um orçamento é inegociável se planeia ter uma vida financeira estável, e com planos de alcançar independência financeira.

Não ter um orçamento é um dos maiores erros sobre o dinheiro que muitos cometem. Este é um dos grandes pecados financeiros.

Sem esta ferramenta torna-se difícil assumir o controle das suas finanças e saber para onde é que o dinheiro vai. O orçamento lhe ajudará a fazer isso se for capaz de criar um para si.

Conclusão

Agora que você já conhece os principais erros com o dinheiro, certamente que poderá identificar onde estará falhando também. Será que esta lista faz algum sentido para si? Será que existe um ou mais erros que você tem cometido nesta lista?

Costuma-se dizer que o errar é humano, mas uma vez que você já sabe que esses são erros, então é tempo de corrigir isso e melhorar a sua vida financeira.

Haja a gora e não deixe isso ficar para depois.

About Edgar Chauque

Edgar Chaúque é o fundador fundador e editor do DinheiroFala. Ele é também o homem por detrás do TecnoFala, SejaEmpreendedor, e do
Share Your Ideas Online .
É o Fundador da ZIKOMU MEDIA, e mentor do projeto ARQUITETOS DO FUTURO. Pode encontrá-lo também no seu blog pessoal.